QUANDO A COBRANÇA DE METAS VIRA ASSÉDIO MORAL?

postado em: Notícias | 0

 

A cobrança de metas é algo corriqueiro nas empresas e faz parte do ambiente corporativo. Mas fique atento, pois muitas vezes pode ocorrer abuso de poder.

Abaixo listamos algumas situações que extrapolam a barreira da cobrança de metas, caracterizando-se então, como assédio moral:

📌 Cobrança de metas inatingíveis e/ou impossíveis de serem alcançadas;
📌 Quando há ameaça de dispensa ou transferência, ainda que velada;
📌Quando a empresa ou superior submete o funcionário a pressão psicológica;,
📌Quando há exposição de ranking de produção/desempenho dos funcionários;
📌Quando o gestor utiliza palavras inadequadas e agressivas, expondo os funcionários a um ambiente hostil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 2 =